A PSICANÁLISE NO DECORRER DO SÉCULO XXI:

Com o passar do tempo, a sociedade vai se moldando conforme as novas gerações, novos pensamentos, novos direcionamentos, novas demandas, novas questões…

São milhares de transformações que ocorrem ao longo da história, trazendo mudanças para todas as pessoas que vivem em um determinado tempo.

E assim, vemos que não acontece diferente com a área da saúde mental dos sujeitos.

Quando a psicanalise foi descoberta, a mais ou menos 100 anos atrás, as dúvidas e necessidades do individual e coletivo eram outras. Hoje, nos vemos com muitas outras carências , além dos quadros clínicos complexos que foram apresentados anos atrás.

Então, quais foram essas mudanças e como a psicanálise ainda continua sendo tão competente na melhora do sofrimento emocional dos indivíduos?

PARA O QUE EXATAMENTE A PSICANÁLISE VEM SE PREPARANDO A PARTIR DA ATUALIDADE?

Você já percebeu como os laços e vínculos estão mudando na atualidade?

Pois é… Os vínculos afetivos não condizem com as relações estabelecidas antigamente. E esse fato consegue dizer muito sobre a constituição enquanto sujeito sócio-histórico-cultural.

Para um melhor entendimento, sabemos que na psicanálise a castração seria simbolizada pela figura paterna, certo? E que essa figura paterna seria a autoridade e a força de orientação que você aprenderia a seguir.

Com o século XXI, a sociedade foi se moldando a tirar esse certo poder que a imagem paternal possuía, e a colocou, deslocou para o coletivo.

Além disso, a hierarquia deixou de ter sua validade, as pessoas criaram estratégias para hierarquizar a partir de suas experiências, podendo potencializar suas características individuais, mostrando as diferenças.

Por isso se diz que os sujeitos procuram a psicanálise não apenas  para desvendar enigmas do seu passado, mas para fazer uma invenção do futuro.

Isso por estarmos no mundo repleto de possibilidades e escolhas. As opções são tantas ao ponto nos deixar perdidos e angustiados. Temendo as demais consequências a partir de escolhas A, B ou C, por não existir uma direção, modelo como exemplo de orientação.

Agora se utiliza de um diálogo já preparado, montado que visa algum objetivo já articulado. Um grande exemplo disso são as redes sociais, que estão repletas de conversas e textos, de certa forma, já preparados.

Portanto, estamos em uma transição totalmente perceptível, não só pelo externo, visto a olho nu, como também por notar a vasta demanda de pessoas com sofrimento interno/emocional.

E é justamente ai que a psicanálise lidera como melhor maneira de recuperar e reestabelecer uma saúde mental mais estável para as pessoas.

DOENÇAS EMOCIONAIS- TAMBÉM CONHECIDAS COMO “MAL DO SÉCULO”:

“A depressão é o mal do século”; “não há ninguém no mundo que não nasça com ansiedade hoje em dia”; “muitas pessoas adquirem a síndrome do pânico nesse mundo de hoje”… você poderá conferir mais detalhes em nosso artigo sobre ansiedade e depressão.

São frases do senso comum, lógico, mas que dizem muito sobre o século que vivemos.

A ansiedade, depressão e síndrome do pânico, dentre vários outros transtornos emocionais existentes, lideram como as doenças com maiores incidências na modernidade.

O transtorno de ansiedade se caracteriza pela constante preocupação, permanecendo em estado de tensão e alerta, com situações reais ou imaginárias, podendo interferir nas realizações de atividades diárias.

Se pararmos para pensar um pouco, a ansiedade estaria diretamente ligada, dentre outras questões, com a imensa demanda que o mundo requer de nós e na maioria das vezes não conseguimos realizar nem a metade delas.

Já a depressão, perda ou redução do interesse e satisfação pela vida, gerando uma angústia e exaustão sem motivos manifestos.

Que poderia estar amarrada ao grande vazio e falta de interesse afetivo entre as pessoas na atualidade.

Por último, a síndrome do pânico, essa se caracteriza por uma crise de ansiedade repentina e um medo inexplicável. Cientistas afirmam o que você sente é ansiedade e estaria então assustado com as reações que ela pode lhe causar.

Ao tentar colocar os principais “males do século”, devemos não apenas saber o que é, mas tentar fazer ligação com as devidas transformações na sociedade e como isso vem afetando as pessoas.

A psicanálise tem um brilhante trabalho que é tentar buscar melhorias para esses indivíduos com esses e outros transtornos.

Tentar trazer na terapia psicanalítica uma forma desses sujeitos conseguirem sair desses sofrimentos emocionais e ter uma qualidade de vida e saúde mental mais estável e saudável.

O profissional que sente-se vocacionado à lidar com esses tipos de questões devem buscar uma Formação que seja de alto nível para que através do estudo, seja aplicado corretamente os procedimentos dentro de uma terapia, levando ao paciente uma cura definitiva.

Rosemeire Valéria