Universidade Aberta

“OpenUniversty” – trata-se de um revolucionário método utilizado pelas melhores universidades abertas europeias e americanas. Através do Ensino a Distância todos os interessados poderão ter acesso ao ensino, para isso basta matricular-se e estudar a partir de sua própria casa.

“Open University”  – Esta metodologia trouxe grandes benefícios tanto para as entidades como para os alunos, dentre elas: o baixo custo, maior comodidade e tempo livre, material didático farto, prático, ajuda online 24 horas, o aluno recebe acompanhamento de tutor online, e muito mais. Faculdades Públicas e Privadas, Colégios de Ensino Técnico e outras aderiram a essa nova modalidade de ensino.

A UNESCO (1997) reconhece o oferecimento de educação superior por meio da aprendizagem aberta e a distância como passo efetivo na democratização da educação. Em uma série de documentos a UNESCO encoraja a busca por sistemas alternativos de ensino,de forma que instituições de ensino sirvam de centros de aprendizagem por toda a vida, sendo permanentemente acessíveis a todos. Nesse sentido, cada universidade deveria se tornar uma universidade  aberta, oferecendo possibilidades de aprendizagem à distância e aprendizagem em vários momentos distintos (UNESCO apud UNESCO, 1997, p. 75).

 

A Legalidade do Ensino a Distância

A modalidade de Ensino à Distância tem respaldo legal e incentivo público desde 1996. Isto falando em Brasil, pois em outros países esta forma de aprendizado já é muito comum e difundida.

Art. 80 – LDB/1996 – “O Poder Público incentivará o desenvolvimento e a veiculação de programas de ensino a distância, em todos os níveis e modalidades de ensino, e de educação continuada”.

Assim sendo, todo e qualquer cidadão brasileiro formado em cursos nesta modalidade terá seus direitos assegurados, similarmente a aqueles garantidos ao aluno formado em curso presencial.

 

“Quanto menos o homem conhece a respeito do passado e do presente, mais inseguro terá de mostrar-se quanto ao futuro.” Sigmund Freud

 

Quais as exigências para que uma escola possa oferecer o curso de Psicanálise?

No Brasil, os cursos de Formação em Psicanálise são considerados pelo Ministério da Educação (MEC) como sendo Cursos Livres, oferecidos por Instituição Psicanalíticas, em nosso caso a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICANÁLISE INSIGHT.

A Psicanálise é um campo clínico e de investigação teórica do inconsciente humano, independente da Psicologia e da Medicina Psiquiátrica, embora também inserido nestas, desenvolvido por Sigmund Freud, médico neurologista austríaco nascido em 1856, que se propõe à compreensão e análise do ser, compreendido enquanto sujeito do inconsciente.

 

A Duração do curso

Curso Formação em Psicanálise Clínica: 24 meses – 1ª Certificação

+ Pós em Psicanálise Clínica: 06 meses – 2ª Certificação

 

O que são Recursos Audiovisuais?

São conteúdos gravados em formato de vídeo, utilizando recursos multimídia para oferecer o melhor da tecnologia para o aprendizado.

 

O Uso da Informática na Educação?

Estamos em uma era onde a cada momento surgem inúmeras especializações e infinitas informações. A capacidade humana está distante de poder abarcar todo o saber elaborado. O homem formado com a expectativa de encontrar cada vez mais certezas e estabilidades, se vê entremeado pelo caos e pela insegurança de uma vida fragmentada.

Hoje a sociedade solicita um homem que saiba trafegar não só pelos meandros de uma área específica, mas que também não se inibe com a incerteza e velocidade das transformações da técnica. O mundo contemporâneo tornou-se totalmente globalizado e altamente tecnificado, fazendo surgir uma competição quase selvagem entre as nações que demanda cada vez mais apenas pessoas qualificadas, tanto culturalmente como em escolaridade formal. As habilidades exigidas são cada vez mais sofisticadas pois a evolução do modo de produção despreza o trabalho desqualificado e repetitivo, substituído eficientemente pela automatização e robotização.

Devido a estas dificuldades, a educação é mais do que nunca um dos pilares para a construção de qualquer sociedade que pretenda ser desenvolvida.

Pesquisadores que investigam o uso de computadores na educação alegam que a informática possui uma ação positiva para o desenvolvimento da capacidade cognitiva e provoca um rompimento da relação vertical entre alunos e professor da sala de aula tradicional, fazendo do aprendizado uma experiência mais cooperativa. As radicais transformações da informática nos anos noventa reforçaram ainda mais a adoção dessa tecnologia nos meios educacionais.