Existem várias diferenças no que diz respeito à Psicanálise, à Psicologia e à Psiquiatria. De fato, tanto a psiquiatria como a psicologia divergem muito da psicanálise, sendo três áreas completamente diferentes.

Embora todas elas estejam relacionadas com o tratamento do psíquico, elas se apoiam em conceitos distintos, alicerces diferentes, concepções diversas, assim como pré-requisitos para formação completamente diferentes.

Vejamos um pouco de cada uma de forma a conseguirmos diferenciá-las corretamente.

PSICANÁLISE

Ela se ocupa do campo clínico, assim como da investigação teórica do inconsciente humano.

No entanto, a psicanálise é completamente independente da Psicologia e da Psiquiatria, muito embora também esteja bem presente nestas.

PSICOLOGIA

A Psicologia é a ciência que se encontra focada no comportamento humano, mas nos seus aspectos e condutas, desde que esses possam ser observados, medidos, testados, controlados, compreendidos, descritos e preditos de forma objetiva. Ela se ocupa do campo clínico, assim como da investigação teórica do inconsciente humano.

Assim sendo, um psicólogo se ocupa com a mente consciente em primeiro lugar, usando a seu favor testes, entre outros recursos que estão inscritos em sua especialidade.

PSIQUIATRIA

A psiquiatria se insere dentro da medicina, sendo a área que se ocupa das doenças mentais, ou cerebromentais de origem orgânica, as quais normalmente apresentam lesões do córtex cerebral.

Aqui a terapia é efetuada por meio de medicamentos, cirurgias, eletrochoques, entre outros. Geralmente ela incide sobre as psicoses.

Note que a psiquiatria é uma profissão regulamentada, a qual possui o seu próprio conselho.