Quando você reflete sobre as suas escolhas, tem a certeza  de que elas estão te levando a uma vida plena e saudável?

Muitas pessoas se queixam de suas escolhas mal feitas e sentem um arrependimento tão grande que as leva  a uma angustia profunda, culpa e decepção. No entanto todos estes sentimentos são negativos e comprometem não somente as escolhas passadas, mas também as futuras.

Eu quero listar duas coisas das quais você nunca se arrependerá, e que ainda te farão ser cada vez mais assertivo:

Tenha Gratidão

A gratidão é uma energia que nos conecta com a prosperidade, o sucesso e a felicidade. Com a prática da gratidão, sua vida se torna mais positiva, você passa a dar mais valor às pequenas coisas e adquire sabedoria para lidar com os aparentes problemas da vida.

O poder da gratidão reside na capacidade de este sentimento nos tornar mais felizes. Se coisas boas acontecem na sua vida mas você não as reconhece com gratidão, eventualmente começará a achar que esses benefícios lhe eram devidos e assim outros que não possuí, pelo que estará atraindo para si sentimentos ruins como a inveja ou o sentir-se indevidamente injustiçado, achando que o universo e as pessoas têm para com você uma nota de dívida que não é real.

Se pelo contrário você se sentir agradecido pela mais mínima dádiva, isso vai encher o seu coração de alegria, de paz. Ao encarar o universo e as outras pessoas como iguais, a quem devemos dar e de quem receberemos em semelhante quantidade e qualidade, e não apenas como devedores, criaremos uma relação muito mais saudável com os outros e com o mundo que nos envolve, e principalmente ficaremos em paz com nós mesmos.

Então agradeça, hoje e todos os dias. Seja grato às pessoas que têm um papel significativo na sua vida. Seja grato por todos os momentos da sua vida, mesmo os menos bons, pois também estes são importantes e nos fazem mais fortes, crescer e ser melhores. Lembre-se que pessoas felizes são gratas!

Descubra sua missão de vida

Não cumprir sua missão de vida é a grande causa de muitos males. Esse pode ser o motivo da sua tristeza, depressão e da sua falta de motivação para viver. Todos nós temos um chamado, uma vocação, algo que amamos muito fazer e nem sentimos passar o tempo quando estamos envolvidos naquela atividade. Alguns poderão dizer “Puxa, mas eu não sei o que amo fazer”, mas isso só acontece para quem não se permite sair do pré-programado e escutar mais seu coração: Faça pelo menos um pouquinho o que realmente tem vontade e comece a descobrir aquilo de que verdadeiramente gosta

Na nossa infância

O que você amava fazer quando criança? Quais são suas habilidades natas? Eu por exemplo amava brincar e estudar na lousa e de lojinha. Transformava a cômoda em balcão de loja! Hoje analisando isto tudo percebo que sempre tive paixão por ensinar e por empreender. E verdadeiramente é o que gosto de fazer.

No que faz o coração cantar
Quais sãos seus hobbies, coisas que você tem um interesse genuíno? Com certeza sua missão pode estar escondida aí também.
Com estas sugestões eu espero ajudar você a se livrar de escolhas erradas e leva-lo às escolhas certas.