Uma pessoa com transtorno de personalidade narcisista, sofre de uma condição mental, em que possui um sentimento irreal de sua própria relevância, além de uma profunda necessidade de atenção e admiração excessiva, não consegue manter relacionamentos não tem empatia pelos outros. Porém, pessoas narcisistas geralmente escondem uma frágil confiança e baixa autoestima, capaz de ser feriada pelas menores críticas.

O transtorno de personalidade narcisista atrapalha muitas áreas da vida do indivíduo, como trabalho, escola, relacionamentos amorosos e familiares ou até mesmo assuntos financeiros. São geralmente infelizes e ficam desapontadas quando não recebem tratamento especial e a admiração que acham que merecem. Normalmente, não conseguem achar seus relacionamentos satisfatórios, e outras pessoas se afastam deste tipo de personalidade.

Para identificar se um indivíduo sofre com este transtorno, é importante se atentar para os seguintes “sintomas”:

  • A pessoa aparenta não ter empatia com outros?
  • A pessoa se sente extremamente importante?
  • A pessoa exige atenção e admiração constante e excessiva?
  • A pessoa espera ser reconhecida, mesmo sem conquistas que garantam isso?
  • A pessoa cria e se preocupa com fantasias de sucesso e poder?
  • A pessoa tenta dominar as conversas e menospreza as pessoas que elas colocam como inferiores?
  • A pessoa tenta sempre se aproveitar dos outros para conseguir o que eles querem?
  • A pessoa muitas vezes não liga para os sentimentos dos outros?
  • A pessoa tem inveja dos outros e acreditar que os outros invejam ela?
  • A pessoa se comporta de maneira arrogante e prepotente?

Se você disse sim para muitas dessas perguntas, você pode estar lidando com uma pessoa que sofre deste transtorno. Se você, por algum motivo sente que você mesmo sofre com essas indagações, não hesite em procurar ajuda! A psicanálise pode te ajudar através da psicoterapia, buscando a origem deste transtorno, e te ajudando a entender onde isso começou e como você pode melhorar.

Estamos aqui pra você!