Existem alguns pré-requisitos para que alguém se torne um psicanalista. É necessário que quem quer se tornar psicanalista tenha especial interesse, assim como dedicação, para aprofundar os conceitos da psicanálise, assim como os métodos que são usados por ela.

Outro dos pré-requisitos exigidos ao futuro profissional é que tenha o interesse em conhecer profundamente a psique humana, e que desperte empatia com os problemas existenciais dos seus analisando (clientes).

É um pré-requisito fundamental, de igual forma, ter vontade de contribuir para que os problemas de seus clientes se resolvam, ou solucionem, desde traumas, a fobias, obsessões ou ansiedades.

Para além de ter estas características, é necessário que passe por um curso de formação em psicanálise, sendo esses cursos oferecidos por várias instituições credenciadas, as quais estão situadas em várias partes do Brasil.

A psicanálise não é uma profissão regulamentada no Brasil, no entanto, ela é uma profissão reconhecida. Assim, e de acordo com o Ministério do Trabalho, o psicanalista é todo o profissional que tem o direito de exercer a sua profissão em território nacional.

Ou seja, legalmente não há qualquer impedimento para o exercício da psicanálise, ou seja, para exercer a sua profissão como psicanalista.

No entanto, hoje em dia é comumente aceite que o profissional deverá obter a sua  formação para que possa estar apto a clinicar, formação essa que inclui horas de análise com alguém que já esteja formado.