A Psicanálise oferece mais uma opção de terapia, capacitando mesmo terapeutas que já atuam em outras áreas a entenderem melhor seus pacientes, aumentando seu impacto na busca por tratamentos que aliviam o sofrimento da mente.

Um bom terapeuta é aquele utiliza todos recursos disponíveis para ajudar o paciente no seu processo de cura. Além do simples fato de fazer o outro se sentir bem, é ir além do esperado para oferecer uma experiência completa e com efeitos positivos duradouros.

Ser um bom terapeuta envolve a construção de estratégias que lidem melhor com o transtorno do paciente, seja para cura da depressão, ansiedade, bipolaridade, entre outros motivos que levam para a terapia.

Sabendo disso, cada vez mais terapeutas de diversas áreas têm buscado aprimorar os seus conhecimentos e acrescentando a psicanálise como alternativa para atendimento dos seus pacientes.  O objetivo é focar e oferecer as melhores soluções e métodos para o alivio do sofrimento humano, excedendo as expectativas dos pacientes que buscam a terapia.

Aproveite e inspire-se!

Confira os relatos dos terapeutas que utilizaram a psicanalise como mais uma alternativa em seus consultórios.

1.Doris Barg

Psicanalista, Graduada em Psicologia Positiva na IDC Hertzlia ISRAEL; Graduada em Terapia Floral Practitioner nos sitemas de Bach Londres, Araretama SP, Filhas de Gaia SP, Pacifico Canada, Árvore da vida SP, California e Australia Online; Cursou Pedagogia e História da Arte na Haifa University ISRAEL; Cursou Psicologia Breve Gikovate online, Idealizadora do projeto Mammytobe que visava a integração da mulher moderna com a gestante, a mãe, a profissional; Ministra grupos de apoio em temas como pós trauma, relacionamentos, orientação profissional, busca de propósito; Palestrante de temas da junção do olhar analítico com o aspecto holistíco.

Em sua experiência ela trás ferramentas que auxiliam o paciente em uma jornada de transformação e desapertamento.

Ser psicanalista possibilitou a ela o uso de um mix analítico que trazem suporte e auxiliam no processo de auto conhecimento, diminuindo o tempo de elaboração para conscientização.

Ela trabalha hoje com vários sistemas: Bach, Ararêtama, Filhas de Gaia, Essências Arvore da Vida, Pacifico, Bush Australiano, FES da Califórnia.

“O principal objetivo da terapia não é transportar o paciente para um estado de felicidade, mas sim ajudá-lo a adquirir firmeza e paciência diante do sofrimento. A vida acontece num equilíbrio entre a alegria e a dor.” Carl Gustav Jung

2. Thiago Vieira

Thiago Vieira, Comunicólogo; Psicopedagogo; Professor; Jornalista; Especialista em Sexualidade; Mestre em Psicanálise pela Associação Brasileira de Psicanálise Insight;Especialização em Psicopedagogia Institucional Integrada; Especialização em Sexualidade Humana ; Integrada; Especialização em Docência do Ensino Superior  pela pela Faculdade AVM; Bacharelado em Comunicação Social pela Faculdade Pinheiro Guimarães de Jornalismo; Estudou formação de Coordenadores Pedagógicos pela Prime Cursos do Brasil,formação de Gestores Educacionais pela Prime Cursos do Brasil; Musicoterapeuta pela Associação Brasileira de Formação e Desenvolvimento Social; Curso de formação de Educação Especial e Inclusiva pela Prime Cursos do Brasil; entre outros.

Nesse relato ele fala do fenômeno da sexualidade humana contemporânea a integração com as ferramentas da Clínica Psicanalítica.

Em seu relato que é uma aula praticamente, ele aborda a definição da sexologia e sua importância na constituição do psiquismo, explicando com muita precisão os estágios da evolução psicossexual.

3. Dr. Leonardo Campos

O Dr. Leonardo Campos, Médico Naturopata pela AEMN – Academia Europeia de Medicina Naturopata ( Paris, França) e Terapeuta Ortomolecular pelas Faculdades Integradas Hélio Alonzo – FACHA no Rio de Janeiro. Psicanalista Clínico pela Faculdade de Psicanálise do Sul de Minas FPS-MG e Fitoterapeuta pela Universidade de Nova Lisboa (Lisboa, Portugal).

Este é um tema muito interessante abordado no relato sobre a Integração da Clínica Psicanalítica com a Clínica Ortomolecular, e explica que o trabalho consiste em tratar o paciente de forma integrativa, e não apenas os sintomas de suas enfermidades, mas sim o Próprio Paciente de forma integral.

Ele trabalha com terapias e tratamentos naturais (Fitoterapia, Vitaminas, Oligoelementos, Minerais, Florais de Bach entre outras ferramentas naturais para o equilíbrio psíquico e físico do ser humano) e dentro da Terapia Psicanalítica Integrativa usa de várias ferramentas tais como a TCC – Terapia Cognitiva Comportamental, Ludoterapia (para crianças), Gestal Terapia, Hipnoterapia, Regressão de Memórias, PNL – Programação Neurolinguística entre outras.

Este site faz uso de coockies.
x