A paixão é efêmera? Só depois que ela termina é que começa o amor?

Vivemos em um tempo “moderno”, onde vemos a superficialidade nos relacionamentos afetivos. Nota-se que não há laços profundos, e no fim, não se vive experiências afetivas de forma positiva. A superficialidade começa no simples “ficar”, mas também fica explícita no enorme índice de divórcios, e finais de relações não oficiais. Já ouvi vários relatos de…